Convergence Culture

O Editorial trata de introduzir o tema da revista, que é majoritariamente a discussão que envolve a convergência dos estudos da indústria e as pesquisas de audiência de media.

*Neste contexto, o media pode ser visto como um catalizador da integração entre cultura e comércio – já que, em sua essência é uma mediação entre pessoas, comunidades, organizações, instituições e indústrias.

*Em contraposição ao modelo antigo homogêneo de comunicação e distribuição de conteúdo, o modelo que Yochai Benkler chama de ‘hybrid media ecology’ em que o comercial, o amador, o governamental, não lucrativo, educacional, ativista e outros modos interagem das mais diversas formas. Cada um destes grupos têm o poder de produzir e distribuir conteúdo, assim alterando todos a todo momento.

*Se, por um lado, as pessoas ganharam a oportunidade de produzir, distribuir e dividir seus mais variados pontos de vista, as empresas estão se acostumando a sinergizar suas marcas e produções em todos estes canais.

*O conceito de convergência também pode ser sintetizado no movimento de cima para baixo no processo corporativo e de baixo para cima no processo consumidor.

*As companhias estão aprendendo como potencializar sua comunicação através dos mais diversos canais, enquanto os consumidores estão aprendendo como utilizar estes canais para se beneficiar da informação gerada. Este processo não necessariamente é oposta, podendo ser potencializadora uma da outra.